em um só

20 dez

e de onde o escuro permanecia, os cheiros embalaram a sala cheia de fumaça, do nosso cigarro. a alma embalada na lentidão do jogo de pernas que eu fazia entre suas coxas e o apoio de suas mãos nas minhas costas.

o espaço todo em um único suspiro, um pulsar, um gozo, um espasmo em um entrelaçar que nos torna cúmplices, únicos no  mesmo canto do sofá e na nostalgia de todas as noites sem dormir em um outro apê de botafogo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: