o peso, o coração e as saudades

24 out

carregar, descarregar
o peso do mundo dói

tropeço, manco, engatinho
o coração esfarela

presente ausência, sobra de espaço
sem encaixe

silencio, grito, ensurdeço
pouso em inércia
no rubor da maçãs do rosto

sem seu orgasmo.

Anúncios

4 Respostas to “o peso, o coração e as saudades”

  1. Camila 28 outubro , 2008 às 12:14 pm #

    que delícia de poema.

  2. Vinícius Tamer 28 outubro , 2008 às 6:04 pm #

    palavras soltas com sentido privado…

  3. andre 29 outubro , 2008 às 6:05 am #

    Gostei do poema, exceto do final. Restringiu interpretações diferentes…

    Mas tá bonito. Se é que há beleza na angústia.

  4. tatisgfernandes 29 outubro , 2008 às 9:59 pm #

    andré, encontro na angústia as maiores belezas, admito gostar.
    obrigada pelo elogio a escrita, de verdade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: