Ao dia do orgasmo

31 jul

Uma pegada pela cintura
Firme, em teu colo
E beija-me a nuca, em um espasmo
As mesmas mãos que acariciam meu rosto
Tocam-me os seios e percorrem as costas
Sinto lábios
Meus e seus

Deslizar de corpos
Nus, suados e plenos
Carregado de um punhado de nós
No tormento emaranhado de pernas, mãos e sexos
Em nossos lábios…

Anúncios

2 Respostas to “Ao dia do orgasmo”

  1. r4f4 1 agosto , 2008 às 12:50 am #

    Bom demais;..

  2. julie 2 agosto , 2008 às 2:40 am #

    Que caliente!!!
    És uma grande escritora, amiga!
    Geminianas são fodas!!! Hahahaha,,,,,
    Ah! Alterei o endereço do meu blog, agora é: http://www.devaneiosvaos.blogspot.com ( muda aí) e comenta lá, uai!

    Beijo, querida!
    Seu blog sempre bão….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: