Trampo, preguiça e fim de semana

16 jul

Trampo, trampo, trampo. Uma preguiça, um sono e uma excitação imensa ao aprender. Alguns pensamentos novos, vontades e mais uma vez excitação. Uma vontade de novos ares, impulsos, desejos. Muito estudo e a cabeça não pára por nem um minuto, na verdade pára, em momentos tão sublimes e reconfortantes tais quais uns tantos suspiros.

Chegam as quartas e quintas-feiras, o fim de semana sublime. Dormir tarde porque se sabe que é possível acordar sem pressas.  Permanecer na preguiça e lentidão da cama, ouvir músicas e ficar a olhar o teto. Sair e caminhar até Laranjeiras e ver um sol lindo e sentir algumas gotas de chuva em um imenso céu azul, mesmo com pesar no peito.

Encontrar e conhecer pessoas, beber algumas cervejas, almoçar, gargalhar, sentir cheiros, pulsar e percorrer o Largo do Machado à tardinha. Curtir a casa vazia e cheia de fumaça, colocar som alto e danar-se a cagar baldes aos vizinhos malucos, rs. Tomar banho quente e deixar o banheiro em vapor, repousar em lençóis fartos e cama espaçosa e sentir aconchego, chêros, calmaria intensa. Pesar o corpo, preguiça e recomeçar na lentidão dos lençóis emaranhados de segundas-feiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: