Ser em si o que há de melhor pro mundo

19 jun

Muitas vezes a gente vive correndo sem motivos, sempre às pressas como se fosse perder algo no mundo e deixamos a simplicidade passar entre os ponteiros do relógio o qual monitoramos esse nosso espaço.

Parar, respirar, viver e se permitir.

Não vá a 100 km/h, dance uma música lenta de olhos fechados, veja o mundo e deixe ser visto aos olhos do mundo, mas não espere nada além do olhar. Projete em si mesmo o que gostaria e não no outro. Perder-se no tempo, intensificar a vida mesmo na simplicidade de um pôr-do-sol ao invés de se perder em tolices, preconceitos, problemas ou neuroses. Sinta a alma das pessoas a quem lhe querem bem e sinta a própria alma. Buscar e cultivar em si próprio o que há de bom só nos faz colher o prazer de se sentir pulsante, intenso, em puro êxtase…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: