Patota à francesa

11 mar

Ainda sobre música, mas não rompendo preconceitos, gosto de música de eletrônica, desde quando ganhei uma fita (sim uma fita cassete!) do Chemical Brothers de presente do meu irmão, isso há quase 10 anos atrás, ô nostalgia! A partir daí fui conhecendo Prodigy, Kraftwerk, Daft Punk e toda a “patota francesa” que foram aparecendo por aí: Vive La Fête, Sebastian, Kavinsky, Dj Mehdi, Mr. Oizo e por aí vai… Gosto da França, dos franceses, da sua cultura, do can-can então nem se fala, rs. E os franceses a cada nova música que ouço me fazem garantir que essa é a música eletrônica boa e para poucos, me desculpem, cheguei a essa conclusão óbvia depois de uma temporada “quatro por quatro” repetitiva e sem glamour desses psytrances e full on vistos por aí, será evolução.

Ah sim! Clipe do Justice (não podia deixá-los de lado!) 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: